quinta-feira, 12 de julho de 2012

Mulher Gato nas HQs - Parte 2

Depois da Crise nas Infinitas Terras, uma nova origem da Mulher Gato, ocorreu na reintrodução da personagem em 1986, com Batman Ano Um. Selina Kyle é agora uma prostituta que se inpira quando vê Batman em ação, mas para fazer seus furtos. A história também introduz Holly Robinson, menina que também é prostituta e que vive com Selina. Mas antes mesmo de Ano Um, Frank Miller já demonstrava essa origem para a personagem em Batman - O Cavaleiro das Trevas, onde uma Selina Kyle envelhecida é dona de uma agência de acompanhantes.

Em 1989, uma nova série limitada com quatro edições pelo escritor Mindy Newell e Birch JJ expandiu a origem de Ano Um, mostrando o início da sua vida como prostituta e como Mulher Gato.
 A origem de Frank Miller para a personagem permaneceu “oficial” por algum tempo, mas esquecida pelos escritores com o passar do tempo. Na tentativa de harmonizar as várias versões, alguns autores propuseram que a Mulher-Gato, no início de sua carreira, fingiu ser uma prostituta para homens a fim de roubá-los. No entanto, personagens associados ao seu  passado como uma prostituta permaneceram, como a própria e sua irmã, Maggie.

A(s) revista(s) solo

Em Mulher Gato: Ano Um, Selina já tem um certo sucesso como ladra, mas, após um assalto desastroso, ela se passa por uma prostituta dominatrix com o plano de conseguir informações a serem utilizadas em roubos futuros. Nessa história, Selina recebe treinamento em artes marciais.
Algumas capas do volume 1 da revista
Em 1993, após o sucesso da Mulher Gato em Batman - O Retorno, a personagem ganhou um título próprio. A série, escrita por vários escritores, mas principalmente desenhada por Jim Balent, geralmente apresentava a personagem como uma ladra internacional e caçadora de recompensas, com um código de moral ambígua. É nesse período que a Mulher Gato aparece em determinados momentos da Queda do Morcego, à princípio, trabalhando para Bane e depois até indo à Santa Prisca. Esse versão da revista da Mulher Gato dura 94 números e é publicada até 2001.

Em uma segunda versão do título iniciada em 2001, dessa vez iniciada por Ed Brubaker e Darwyn Cooke, onde o detetive particular Slam Bradley tenta descobrir o que aconteceu com Selina, já que na última edição do volume anterior ela é encontrada inconsciente e ferida.

Nesta série, Selina Kyle, tem como coadjuvantes novamente Holly Robinson e Slam Bradley, e  se torna protetora dos moradores do East End, enquanto ainda age como ladra. Batman aparece ocasionalmente, sem intervir diretamente nas ações dela. Entre eventos marcantes dessa série, estão o fato dela ter matado o Máscara Negra, para defender as pessoas mais importantes da sua vida, Slam e Holly, e a sua gravidez. Selina engravida de um policial, que morre antes do nascimento do bebê, Helena, e Holly passa a ser a Mulher Gato. Porém, temendo pela vida da criança, e forjar a própria morte em um sequestro falso, ela decide entregar a bebê para a adoção.

Com o Batman...

O Longo Dia das Bruxas, história de Jeph Loeb e Tim Sale, traz a Mulher Gato diversas vezes ao lado de Batman investigando quem seria o assassino Feriado, apesar da desconfiança constante das verdadeiras intenções dela. Em Batman: Vitória Sombria, sequência de O Longo Dia das Bruxas, existe a suspeita de que a Mulher Gato é filha de Carmine Falcone, embora ela não encontre nenhuma prova definitiva disso. A ligação de Selina à família Falcone é mais explorada na minissérie Catwoman: When in Rome. Apesar de mais teorias serem adicionadas a essa suspeita, nenhuma prova definitiva aparece na história.
 
 O Longo Dia das Bruxas a capa de When In Rome

Durante Silêncio, de Jeph Loeb e Jim Lee, Batman e Mulher Gato voltam a trabalhar juntos e têm um relacionamento, durante o qual ele revela sua verdadeira identidade para ela. No final, ele quebra a relação quando ele suspeita que tenha sido manipulado por Silêncio. Ele volta alguns anos depois, em Coração de Silêncio, onde literalmente rouba o coração de Selina, fazendo com que Batman vá atrás dele para recuperar o órgão.

Esta foi a segunda vez que Batman revela sua verdadeira identidade para ela. Numa história do  início dos anos 80, Selina e Bruce tê um relacionamento e no fim da história, ela se refere a Batman como "Bruce". Porém, depois disso, quando a Mulher Gato reapareceu, nenhuma menção a isso ou de que ela sabia quem era Batman foi feita.
  Batman e Mulher Gato em Whatever Happened to the Caped Crusader?

“A Town on the Night”, história de 1986 que eu acho ótima
Ao longo dos últimos anos, os dois autores que mais abordaram a relação de Bruce/Selina/Batman/Mulher Gato foram Jeph Loeb e Frank Miller. O primeiro, nas histórias do Longo Dia das Bruxas e Silêncio e Frank Miller em todas as histórias do Batman que escreveu. Desde Cavaleiro das Trevas, dando a entender que entre os anos de atividade e aposentadoria, os dois mantiveram alguma relação próxima, Ano Um, mostrando que Selina se inspira no Batman para suas próprias ações.
Em All Star Batman e Robin, isso também fica subentendido quando Batman a encontra ferida num lugar que parece remeter lembranças aos dois:
Logicamente que antes disso, as indas e vindas dos dois foram tema de várias histórias. Os dois já até chegaram a casar em uma história durante um sonho da Selina. Para quem se interessa mais sobre esse aspecto, aqui tem as várias histórias ao longo das décadas que abordam isso.

Gotham Sirens
Capa alternativa de Gotham Sirens #1
Selina aparece nas histórias de Gotham City Sirens, título protagonizados por ela, Hera Venenosa e Arlequina, depois que segundo volume da revista chegou ao fim. O começo do título é durante o período em que Bruce Wayne está aparentemente morto e Dick Grayson é o Batman. Hera tenta obrigar Selina a revelar quem é/era o Batman original e, usando uma tática de disciplina mental que aprende com Talia Al Ghul, ela evita o interrogatório e despista Hera e Arlequina. Durante o período em que Bruce está morto, Selina ainda mantém contato com a “batfamília”, como o próprio Dick e até Alfred e Damian.

Em O Retorno de Bruce Wayne, depois de uma tentativa de assassinato por saber quem é/era o Batman, ela finalmente se reencontra com Bruce, que estava de volta.
Uma vez que retorna ao manto de Batman, Bruce Wayne decide criar a Batman Incorporated, uma equipe global de Batmans e Selina o acompanha no começo do projeto, a fim de encontrar um membro no Japão.

Atualmente, após o reboot do Universo DC, um novo volume da revista da Mulher Gato começou a ser publicado. Selina tem seu apartamento explodido e têm lidado com a perda de pessoas que a ajudam desde então. O primeiro número da revista teve uma grande repercussão por mostrar ela e Batman transando com os uniformes, e por ela novamente não saber a identidade secreta de Batman.
 
Related Posts with Thumbnails