quinta-feira, 31 de março de 2011

A reinvenção do Batman pós The Dark Knight Rises


Acho que todo mundo foi pego de surpresa quando Jeff Robinov disse em entrevista que a franquia Batman será "reinventada" após The Dark Knight Rises. Não tanto pela reinvenção, mas pela antecipação de divulgar isso. As filmagens de The Dark Knight Rises só começam em maio e a Warner já pensa claramente no próximo passo. Outros reboots, como Homem Aranha e, de certa maneira, X-Men, só foram trazidos a público após o resultado dos seus filmes. Mas, pelo que se diz, a motivação do estúdio a fazer isso não passa pelos resultados na bilheteria, já que isso certamente não vai ser problema para uma franquia cujo filme anterior possui diversos recordes. A terceira geração de batfilmes começaria porque supostamente The Dark Knight Rises se fecha, algo que, pelo que me lembro, nunca aconteceu em filmes de super herói. 

Quão simbólica é a uma foto do Nolan segurando a porta de um cofre? :)

Se de fato o terceiro filme não deixa absolutamente nenhuma ponta, mostra que o Nolan tem comprometimento com o seu trabalho e que sua intenção é deixá-lo da melhor maneira possível. Porém, com a saída dele, não há necessidade de recontar a história toda, já que Batman Begins já fez isso, principalmente se a intenção da Warner é recomeçar desde já, algo um pouco diferente do que aconteceu com o Superman, que, apesar de ter um (baita) filme de origem, foi feito há mais de 30 anos, muito distante do público atual. 

O recomeço do recomeço do Batman poderia ser feiro de duas maneiras: a primeira, reaproveitando elementos dos três filmes do Nolan, readaptando para as futuras intenções do estúdio desde já, como um filme da Liga da Justiça. Provavelmente esse seria o contexto com o Nolan sendo o produtor dos filmes, algo que a Warner já manifestou que quer. Aliás, quanto a esse tipo de participação do diretor, me parece que é algo que deveria ocorrer com todos os personagens da DC, visto que, se Batman deu certo da maneira como foi feito, trazer os outros personagens e reintroduzir outros para um contexto parecido seria repetir a fórmula do sucesso, ainda que vários deles sejam muito diferentes entre si. Porém, isso deixa parecer que há uma falta de criatividade tremenda hoje em dia para abordar outros personagens e, por mais que a "fórmula" seja um sucesso, uma hora desgasta.

A outra maneira, seria renovar tudo, trocar completamente as pessoas envolvidas. E isso seria uma oportunidade para colocar certos elementos nos filmes do Batman que nunca foram feitos, ainda que pareçam ousados ou não funcionem: a roupa de tecido, por exemplo. Mas isso, se fosse feito da maneira "ideal", deveria levar alguns anos, para ajudar na desassociação, mas não parece ser a intenção da Warner. Afinal, time is money.

Mas eu não me importaria de, daqui uns anos, ver o Christian Bale na faixa dos 40 numa adaptação de Batman - O Cavaleiro das Trevas (do Frank Miller), dirigida pelo Nolan :)
Related Posts with Thumbnails