sábado, 18 de julho de 2009

[Especial 1 Ano] Novas curiosidades sobre o filme

A maquiagem do Coringa foi criada pelo próprio Heath Ledger. Uma vez aprovada, as pessoas responsáveis pela maquiagem ficaram encarregadas de refazê-la durante toda a filmagem.

Apesar de ter sido classificado para maiores de 13 anos nos EUA, o sangue só aparece três vezes durante o filme: quando Batman é atacado pelos cães, no travesseiro de Harvey Dent no hospital e no rosto do "Batman" que fica pendurado do lado e fora do gabinete do prefeito.

Primeiro filme do Batman sem aparição de morcegos.

Durante a cena de perseguição, quando o Coringa assume a condução do caminhão após matar o motorista está morto, pode-se ver que buracos à bala formam um sorriso no pára-brisas do carro.

39 veículos foram destruídos de algum modo.

Quando o rosto de Harvey Dent está em chamas, a primeira imagem que se forma é o logo do Batman. Veja abaixo se não parece:




Após o Tumbler sofrer o acidente que antecede a sua destruição, um sinal sonoro é emitido pelo "sistema de diagnostico". O som é o mesmo que o telefone vermelho do seriado da década de 60 emitia.

Heath Ledger dirigiu os vídeos feitos pelo Coringa. O primeiro vídeo, com o Batman fake, foi feito sob supervisão de Christopher Nolan. O diretor achou que Ledger fez bem o trabalho e que não havia necessidade de estar lá nas outras gravações. Nolan deixou Ledger fazer o que queria e ficou satisfeito com o resultado.



No total, Heath Ledger ganhou 32 prêmios póstumos de Melhor Ator Coadjuvante.

Ao se confrontarem, nem Batman nem Coringa se chamam pelo nome.

Nos quatro primeiros dias de filmagem, Nolan exibiu oito filmes para o elenco: Fogo Contra Fogo, Sangue de Pantera, Cidadão Kane, King Kong (1933), Batman Begins, Black Sunday, Laranja Mecânica e Inferno 17. Quando filmou Batman Begins, Nolan exibiu Blade Runner.

Em uma das primeiras versões do roteiro, foi considerada a hipótese de Robin estar relacionado à Rachel. Dick Grayson não seria explicitamente mencionado, mas revelaria-se que Rachel teria algum grau de parentesco com a Família Grayson. Nolan tirou isso do roteiro porque não queria dar esperanças de futuras aparições do Robin na franquia.

Após a sua transformação, Duas-Caras joga a sua moeda oito vezes, sendo que cinco delas caem para o lado bom (Coringa, Maroni, Ramirez, ele mesmo e para o filho do Gordon) e para o lado ruim, três (Wuertz, motorista do Maroni e Batman).

Nas duas sequências da franquia (Cavaleiro das Trevas e Batman - O Retorno), o primeiro batmóvel é destruído.

Confira aqui as outras postagens do Especial 1 Ano


Related Posts with Thumbnails