sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Why so hated?

Estava pensando esses dias e tentando entender porque tanta gente, inclusive eu, odeia tanto uma certa personagem do Batman Begins e por consequência, de The Dark Knight. Tô falando da Rachel Dawes, a assistente da promotoria de Gotham City, interpretada na película por Katie "Sra Cruise" Holmes.


Katie Holmes em Batman Begins: que susto hein, moça?!

Existem várias versões para o surgimento da Rachel. Alguns dizem que a personagem foi inspirada em uma xará sua da hq Batman Ano 2. Outros dizem que ela surgiu das mentes do Nolan e do David Goyer, roteiristas do filme, já com a Katie Holmes em mente para interpretá-la.
Acho que é quase uma unanimidade que a sra Cruise não é nenhum talento excepcional. Recém saída de Dawson's Creek e com um monte de filme meia boca no currículo(o que é A Filha do Presidente?), eu imagino que ela deve ter sido o principal motivo de preocupação para aqueles que acompanhavam as notícias de BB.
É perceptível no filme que Rachel Dawes é a mocinha da história disfarçada de advogada. Se ela se mete nas confusões, não é porque ela parece ter um alvo no meio da testa que atrai todos os vilões da história(alguém aí lembrou de uma certa ruiva de uns 3 filmes de um certo super herói aracnídeo?), mas porque ela é um empecilho nos objetivos desses personagens. Isso até que se faz presente, a Katie Holmes consegue convencer que tem ideais e tal. O problema, pra mim, é o tal interesse amoroso. Ah...Duvido nada do Tom Cruise ter orientado a sua namorada a demonstrar tanto sentimento quanto um boneco de cera. Até hoje, assistindo Batman Begins, nas cenas em que a Rachel precisa demontrar que tem algum tipo de sentimento pelo namoradinho de infância, eu não consigo perceber! Sério! Na primeira vez que eu vi o filme, no cinema, eu só deduzi que ela era a namoradinha da vez por eliminação e um pouco pelo que o Alfred diz quando o Bruce está voltando pra Gotham. Eu ainda acho aquele beijo no final muita forcação de barra, como se a intenção fosse recuperar o tempo perdido nas duas horas de filme e dizer pro público:"Ei! Eles se gostam, tá?!".
Diante dessas duas funções da personagem, com o aproveitamento de somente uma, podíamos pensar no seguinte: a sua retirada. Existem personagens do universo Batman que podem cumprir o papel de aliado no combate ao crime que a Rachel representa. O exemplo disso é Harvey Dent, que já poderia ter aparecido em Begins. Eu sei que quase todos os super heróis tem a sua namorada oficial, mas isso não se aplica a Batman. Eu não tenho a menor dúvida que a obrigatoriedade de todo filme desse gênero ter um interesse romântico, além de atrair o público feminino para assistir o filme(ei!Isso não se aplica a mim!), é evitar comentários sobre a homossexualidade do personagem.
Batman Begins saiu, quase todo mundo gostou do filme e todo mundo achou que o desfecho da Rachel seria o sumiço. Ledo engano. Quando começou a boataria, a personagem foi confirmada mas, logo em seguinte, a Katie Holmes não. A felicidade estava com várias pessoas que consideravam a sra Cruise o único problema do filme. Teve gente que até achou que isso poderia significar a saída da personagem. Mas como ninguém é insubstituível, começou a boataria de quem entraria no lugar dela. Falou-se em algumas moças como Rachel McAdams e Emily Blunt, até a Maggie Gyllenhaal ser confirmada. As piadinhas com o fato dela ser irmã do Jake Gyllenhaal, o outro caubói de Brokeback Mountain, e o fato do Heath Ledger estar no filme começaram a pipocar. Ninguém entendeu o porquê do retorno da personagem, já que o fim do Begins parecia uma despedida e nos filmes anteriores os interesses românticos eram distintos.
Com a certeza que Rachel Dawes está de volta, muitos se perguntam qual seria a utilidade dela. Bem, eu comecei a achar que ela poderia ser útil quando vi essa foto:


Rachel, Coringa e uma faca: vocês não tem idéia do quanto eu fiquei feliz ao ver essa foto!

É um dos meus desejos mais profundos ver uma referência a Piada Mortal num filme do Batman que envolva o Coringa. Eu acho que a morte da Rachel traria um pouco do sentimento da graphic novel, além de ferrar de vez com qualquer possiblidade de um tratamento amigável entre Batman e Coringa. Pelo que parece até agora, vai ter um momento em que Rachel estará sob a mira do Príncipe Palhaço do Crime. Isso até tem um efeito parecido com o alvo que a Mary Jane tem na testa, mas enfim...
Parece que além do Bats, qualquer m*rda que acontecer com a Rachel pode causar a ira de uma outra pessoa: Harvey Dent. Tudo indica que os dois serão mais do que colegas de trabalho no filme e isso pode ocasionar o surgimento de um triângulo. Apesar de eu ODIAR essa idéia, prefiro esperar pra ver qual vai ser. Pode até ser legal pro surgimento do Duas Caras...


Pra quem acha que Dent não está no primeiro trailer. Triângulo?Ah, não!

Assim, apesar de não ser tão simpatizante com a personagem, eu torço para que o seu retorno tenha um significado substancial pro filme, que me faça pensar que não pode ser trocado. Admito que acho a morte dela uma idéia legal, mas ao mesmo tempo quase impossível.

That's all folks!
Related Posts with Thumbnails